Quem somos

Quando escolhemos a denominação “Os Nômades” não tínhamos em mente a associação com qualquer forma de pensamento utópica ou conceitualista da filosofia. O nome refere-se simplesmente à ideia de trânsito e impermanência de tudo que há sobre terra, incluindo nossos pensamentos.

Não somos revolucionários. Não somos oprimidos, bastardos, inferiores ou anárquicos. Aqui, não resistimos a nada. Nada nestas páginas trará máquinas de guerra nômades ou rizomas. Marginais não serão monopolizados e empacotados em prosas glutosas e ideologicamente pautadas. Basta de empreendedorismo de conceitos – basta do charme cínico de se dizer intempestivo, inoportuno.

Somos três amigos horrorizados com excessos de abstrações e arabescos. Nossa etiqueta é a clareza. Escrevemos juntos para desenferrujar o ceticismo e fortalecer os laços de amizade iniciados na faculdade de filosofia. Filosofia que só estoura quando enchemos nosso entorno de quietude para encontrar o silêncio desértico em nós mesmos.

Nas viagens do pensamento, nosso nomadismo percorre ventos estéreis sob o sol onde tudo se torna vão. Mas estes nômades cultivam uma fé: a de poder compreender ao menos os grãos de areia onde pisam.

O que oferecemos aqui são ensaios, resenhas, traduções não oficiais, algumas críticas, além de uma homenagem a personalidades brasileiras com o objetivo de fomentar a reflexão e incitar a curiosidade sobre temas, obras e autores nem sempre conhecidos e às vezes esquecidos.

Convidamos você a explorar esse deserto conosco.

Boa leitura!

Anthonio, Eduardo e Eliza

Para falar conosco envie um e-mail para contato.osnomades@gmail.com

Siga-nos no Instagram: @os_nomades_